A desinformação sobre a vacina contra a Covid19 no Brasil

Escute no Spotify

A minha mãe não queria se vacinar contra a Covid19. Ela estava com muito medo e uma das razões desse medo é a quantidade de desinformação colocadas pelas redes sociais, especialmente nos grupos de whatsapp. A desinformação e as fake news são primas-irmãs!

Foram meses de muita conversa com ela para convecê-la, de que com a vacina, ela e meu pai poderiam retornar a vida de antes da Pandemia. Faz dez dias, meu pai recebeu a primeira dose da vacina, da AstraZeneca, em Brasília. Ele tem 78 anos, minha mãe vai fazer 72 anos para o fim do mês. Ela já está ansiosa para receber sua dose. Uma boa notícia e uma alívio para mim.

Quem lucra com a desinformação\fake news?

Políticos oportunistas, especialmente no Brasil, onde parte da imprensa comercial brasileira é milimetricamente controlada, seja através de cotas de gabinetes de parlamentares ou verbas publicitárias goveramentais.

Mas, como sempre, os fatos do mundo real saltam ao oportunismo político. O vírus não escolhe o lado político ou classe social. Aliás, ele atinge em cheio, aquilo que mais gostamos, de nos aglomerar. Encontrar nossa família e amigos, assistir ao nosso show favorito ou uma partida de futebol.

Emigramos para o mundo online. Para aqueles que vivem fora do país foi a oportunidade de nos reencontrar com amigos antigos. Eu mesma revi vários amigos online que eu não via, fazia anos. Mesmo assim, nada substitui o presencial. Pessoas gostam de encontrar pessoas e assim continuará após a Pandemia.

Cadê a vacina?

No Brasil, a campanha de vacinação começou, pese a politicagem barata que nos afligem. De acordo com o Jornal “O Globo” 9.667.997 receberam ao menos uma dose. Ainda é pouco, mas é uma ótima notícia.

Deveria-se intensificar a campanha, para conscientizar a população sobre os benefícios da vacina. Ao mesmo tempo, deveria-se exigir dos governos, não importa, a nível municipal, estadual ou federal, vacina para todos através do SUS*.

Há a nível mundial, há uma verdadeira maratona para conseguir vacinas. Aqui na Europa, agora há uma briga entre os países membros da União Européia sobre a distribuição das poucas que há. Muito se apostou, nas vacinas da AstraZeneca, mas devido a uma disputa entre a União Européia e Grã-Bretanha, poucas vacinas vieram para o bloco.

Por cima disso, as mutações da Covid19 também colocam em xeque-mate o programa dos países aqui no velho continente. No atual momento da Pandemia, há a necessidade de vacinar o maior número de pessoas, o mais rápido possível. O que ficou claro, na briga contra esse vírus nojento é a combinação de salvar vidas e a economia. Um depende do outro.

Isso não isenta os erros cometidos pelo governo brasileiro. Deveria-se ter pedido vacinas, ainda no começo da Pandemia. Até agora a “gripezinha” matou quase 280 mil pessoas. Isso correponderia a uma cidade de grande porte, aqui na Europa, que simplesmente desapareceu.

Se o governo brasileiro é negacionista, parte da oposição brasileira prefere desqualificar o sistema judiciário brasileiro, com sua mentalidade corrupta. Era fundamental uma política para termos um confinamento para salvar vidas e subsídios para aliviar a situação financeira dos mais vulneráveis. Isso só se consegue com política, não com politicagem.

Para concluir este longo post, sem vacina não sairemos da Pandemia. Para desenvolver vacinas, precisamos da ciência. Só com ela, vamos finalmente controlar a Covid19.

Fontes:

O Mapa da Vacinação contra a Covid19 no Brasil, publico no site do Globo, no dia 13/03/2021: https://especiais.g1.globo.com/bemestar/vacina/2021/mapa-brasil-vacina-covid/

SUS: Sistema Único de Saúde que é o serviço de saúde pública no Brasil.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.