Manifestações e a Política

No fim de semana, eu tive uma longa conversa com um membro da família que é bolsonarista. Eu perguntei, como era possível, mesmo com um governo péssimo, especialmente no combate à pandemia, ainda apoiar. A resposta foi assim: “Ele fala muito besteira, mas tenho medo do PT”.

No fim de semana, o MBL – Movimento Brasil Livre e outros grupos, que inclusive englobam alguns membros da esquerda fizeram uma manifestação a favor do impeachemt do Bolsonaro. O principal palco é a Avenida Paulista, como é normal. Muitos textos da imprensa falaram em fracasso pela baixa adesão, o que foi fato.

Mas, quando há manifestações bolsonaristas ou petistas, essas possuem apoio financeiro. A primeira conta com o maquinário do governo. A segunda conta com os sindicatos. A do fim de semana foi um movimento organizado por aqueles que estão indignados com o Governo Bolsonaro, chamado pelas redes sociais, a partir dos desdobramentos, especialmente da CPI da Covid.

Ao longo do dia de domingo, pelas redes sociais, tanto bolsonaristas e petistas atacaram essa manifestação. A razão é uma só: ambos querem se enfrentar ano que vem, nas eleições. Qualquer tentativa dos moderados, seja de esquerda ou de direita para se unir, para buscar alternativas contra um possível Lula ou Bolsonaro, ela é veemente atacada.

Esses ataques vem pelas redes sociais, seja por exército de perfis falsos, influenciadores digitais ou jornalistas militantes. Isso é muito ruim, já que através desses ataques, vem, por exemplo, o famoso “medo do PT”, especialmente para aqueles da direita.

Outro ponto, que é um grande erro é não encarar a corrupção como um grande problema. Não visualizar a falta de transparência, quanto ao uso do dinheiro público causa um mal-estar enorme na população. Quando se paga impostos e trabalha com o dinheiro público, há a necessidade de se prestar conta para os eleitores.

Eu já observei, incluindo gente bastante inteligente, que considera a corrupção, como algo normal. Um dia desses, em grupo de discussão pela internet, eu li que a corrupção é como um rio. Como podemos avançar, com esse tipo de mentalidade?

Aliás, no ponto combate a corrupção, tanto bolsonaristas, como petistas se encontram. Eles não querem nenhuma ação de combate a corrupção, não importa se é Lava-Jato ou que seja. Não adianta esconder os olhos para esse ponto, crucial na política.

Sim, crucial. Todo o debate de tipo de sociedade que queremos, onde o dinheiro dos impostos devem ser investido. Qual os programas de desenvolvimento queremos? Enquanto não virarmos a página da corrupção, políticos espertalhões vão ficar colocando medo ou apreensão na população.

Para concluir, não considero as manifestações de ontem, exatamente como um fracasso. Elas são um começo de se fazer política, totalmente necessária, embora nada fácil para sairmos do atoleiro que nos encontramos. Não é fácil, mas um começo deve haver.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.