Enchentes no sul da Bahia

Cada verão é a mesma novela! Será que aprendemos?

O começo do Verão representa chuvas tropicais. Isso sempre foi assim. Depois de calorão vem o pé d’água. Com as mudanças climáticas, as tempestades se tornarão mais intensas.

A cada ano, milhares de pessoas perdem seus lares, carros, lojas e escritórios pela falta de infraestrutura que possuímos. Sim! Não possuímos o mínimo de sistema de evacuação de água nas cidades brasileiras. As boca de lobo são entupidas de lixo, os encanamentos completamente ultrapassados. Não há nenhum tipo de investimento em infraestrutura.

O que está acontecendo no Sul da Bahia é que acontece faz anos, a cada verão. Parte do problema poderia ser evitado, se houvesse um investimento na infraestrutura, parte do prejuízo e das mortes poderia ser evitado.

Sistema de alerta

Depois das enchentes em Rheinland-Pfalz e Nordrhein-Westfalen, no Centro Oeste da Alemanha, há uma discussão para ter um sistema de alerta via mensagem de texto, por celular.

A ideia seria alertar o mais número de pessoas possível a evacuar. Só aí foram mais de 160 pessoas mortas.

Chouveu quantidades de água completamente anormais e a terra não pode simplesmente aborver. Mesmo com um sistema de prevenção de enchentes, não houve como evitar a tragédia. As mudanças climáticas obrigam a novas estratégias.

Rio de Janeiro, a bola da vez?

O Prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes disse nas redes sociais estar preocupado com a situação das chuvas na cidade.

Não é por menos! Além das bocas de lobo entupidas de lixo, o encanamento da cidade, completamente ultrapassado, há o clássico problema das construções nas encostas.

O que significa? Casas morro a baixo. Solução? Teria, só houvesse fiscalização. Agora é torcer que o pior não aconteça.

Autor: Adriana Ribasmayer

Jornalista que adora observar o cotidiano e contar suas histórias. Journalistin mit einem Blick für Alltag Geschichte.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: