Ditadura Nunca Mais

Já tivemos uma ditadura, não precisamos de mais uma. Para quê?

O 31 de março é o momento que recodarmos o Golpe de 64 que conduziu o Brasil em um dos períodos mais sombrios da história brasileiros. Foram cinco Atos Institucionais, várias pessoas desaparecidas e um desastre na economia.

Em 1989 houve a reabertuta política. Anos mais tarde, com a Comissão da Verdade, não se puniu os crimes cometidos pelos militares da extrema-direita e os guerrilheiros. Por conta disso, na fauna política brasileira atual temos Lula e Bolsonaro que representam bem esse quadro.

Seria fundamental passarmos a limpo esse capítulo tenebroso da nossa história para avançarmos. Ambos grupos “istas” estão juntos na impunidade e na corrupção. Esse último considerado uma forma de fazer política no Brasil.

Eleições em outubro

As eleições em outubro seria um momento para nos liberar desses dois senhores. Mas, a elite política brasileira insiste em não virar a página. Enquanto isso não acontecer, nós seremos reféns do passado.

Autor: Adriana Ribasmayer

Jornalista que adora observar o cotidiano e contar suas histórias. Journalistin mit einem Blick für Alltag Geschichte.

Uma consideração sobre “Ditadura Nunca Mais”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: