Auto testes para Covid19 servem?

Auto testes contra a Covid19 como opção, no Brasil.

Esse dias, eu li no jornal “O Globo” online, a ideia de que a Anvisa poderia liberar os testes de Covid19, o teste do cotonete para serem comprados nas farmácias, no Brasil.

Sendo assim, a pessoa compraria e faria o auto teste em casa. Caso positivo e com sintomas leves, ela pode ficar em casa, isolada.

A ideia em si, não é ruim, mais ainda, em um país que não há nenhum tipo de testagem e o que há é muito caro. Depois de muito pesquisa na Internet, eu descobri os valores de 193 a 273 reais, dependendo da farmácia.

Mesmo nas páginas das farmácias, algumas que oferecem agendamento, não é possível saber o preço. E muitas, já não mais possível agendar testes, por não ter os kits.

Como funciona aqui na Áustria

Com a primeira onda de infecções, no começo do ano passado, os primeiros testes utilizados foram os testes Antigeno, os testes do cotonete.

Eles têm uma imensa vantagem, em cima do teste PCR. Em apenas 15 minutos, a pessoa sabe se está infectada ou não. Havia a possibilidade de se retirar esses testes, gratuitamente, com o número do seguro social.

Mas, com o tempo, esses testes foram deixados de lado. Primeiro, para serem aceitos, era necessário a assinatura de um médico. Depois, nem sempre o resultado é confiável.

Por isso, sempre que é feito um teste de Covid19 e ele é positivo, sempre é recomendável fazer um teste PCR, no laboratório para confirmar o resultado. O teste de PCR, o chamado teste do gargarejo demora 24 horas.

Vale lembrar que esses testes, seja o do cotonete ou PCR são gratuitos, aqui na Áustria, através do Seguro de Saúde, o “Krankversicherung”.

Funcionaria no Brasil?

Essa é uma pergunta! A princípio funcionaria se houvesse a possibilidade de se confirmar o resultado através do SUS – Sistema Único de Saúde, com um teste PCR.

Na minha opinião, do que foi visto até agora, o auto teste têm suas limitações. Mas, em um país que não acesso aos testes de Covid19, com certeza é uma luz no fim do túnel.

Falta vontade política, seja do governo que é negacionista. Seja da oposição que se cala.

O que esperar para a Europa, em 2022?

Os desafios para a Europa em 2022.

O ano de 2021 foi um ano muito difícil para todos, especialmente porque a Pandemia não está sob controle. Enquanto o mundo inteiro, especialmente os mais pobres, não for vacinado, a Pandemia seguirá.

Nesse vídeo, no DricaRibasTV, eu comento os principais desafios para a Europa. Aqui em pontos:

  • o controle da Pandemia;
  • o preço da produção da energia;
  • a crise climática;
  • a reforma do sistema de saúde.

Assistam ao vídeo para a análise completa:

2022 com desafios para a Europa

Feliz Natal e um ótimo 2022!

Feliz Natal e muito obrigada pela atenção!

Antes de mais nada, Feliz Natal para todos! 2021 não foi um ano fácil por conta da Pandemia.

Faz um ano que a vacina chegou na Europa. Nesse momento, havia esperança de que a Pandemia poderia, finalmente estar sob controle. Infelizmente, não aconteceu.

Governos do centro e norte da Europa não investiram em campanhas de vacinação e com taxas baixas de vacinados fez com que o vírus prevalecesse através de suas mutações.

Curiosa e apreensiva do que virá para 2022… Mas! Para o DricaRibas foi um ano excelente! No começo da Pandemia, eu senti a necessidade de me digitalizar e fiz cursos.

Com os conceitos de marketing digital, nós crescemos muito e um crescimento inesperado. Prova que nosso conteúdo é bom e de qualidade. O meu muito obrigada!

Para 2022, eu estou preparando alguns ajustes e surpresas. Aguardem!

A foto do post é da árvore de Natal que montamos, ontem, aqui em Vorarlberg. A tradição manda que seja pinheiros de verdade. Ficou linda, vocês não acham?

Feliz Natal e curtam a sua família 🌲